I Seminário de Estudos da Escravidão na Baixada Fluminense | Museu Vivo do São Bento

Museu Vivo do São Bento

Cartaz I Seminario Estudos da escravidão

Estão abertas as inscrições para o I Seminário de Estudos da Escravidão na Baixada Fluminense : centros e periferias da escravidão no rio de janeiro.

O Seminário ocorrerá nos dias 26, 27 e 28 de junho na FEUDUC e será dividido da seguinte forma:

  • Nos dias 26 e 27 ocorrerão apresentações culturais, oficinas e mesas redondas. A inscrição tem o valor de R$20,00.
  • No dia 28 será realizado um Estudo de Campo. A inscrição tem o valor de R$30,00.

Para quem quiser participar dos três dias de Seminário a inscrição terá, portanto, valor de R$50,00.

A FEUDUC está localizada a Av. Governador Leonel de Moura Brizola, nº 9422, São Bento, Duque de Caxias-RJ.

 

Confira a agenda completa do Seminário

 

Para realizar a inscrição é  necessário primeiramente depositar os valores da mesma (R$20,00 para os dias 26 e 27; e R$30,00 para o dia 28). Em seguida, basta preencher o formulário e enviar o comprovante de depósito.

 

Clique aqui para realizar a sua inscrição

 

OBS: A inscrição só será válida após a confirmação, via e-mail, da mesma.

 

Dados para o Depósito:

ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DO CRPH/DC

Banco Itaú, Agência: 6079, Conta Corrente: 43986-2

 

As inscrições também poderão ser realizadas pessoalmente:

  • Na FEUDUC/Casa da Pesquisadora, tratar com Evelyn ou Juliana (Av. Governador Leonel de Moura Brizola, nº 9422, São Bento, Duque de Caxias-RJ).
  • Na Sede Administrativa do Museu Vivo do São Bento (Rua Benjamin da Rocha Junior, s/n, São Bento, Duque De Caxias-RJ).
  • No Instituto Histórico da Câmara Municipal de Duque de Caxias (Rua Paulo Lins, 41, Jardim Vinte e Cinco de Agosto, Duque de Caxias-RJ).

 

Outras informações através do telefone (21) 2653-7681 ou do nosso Fale Conosco.


Agenda:

Agenda I Seminario Estudos da escravidão

26 DE JUNHO (Sexta-feira)

18:00 – Credenciamento

18:30 – Apresentação Cultural

  • As Vozes da África na Baixada Fluminense, com Macedo Griot

19:00 – Mesa Redonda

  • “Escravidão, Historiografias e Periferias – Rio de Janeiro, Séculos XVIII-XIX” Nielson Rosa Bezerra (FEBF/FEUDUC), Manoela Pedrosa (UFRJ) e Jonis Freire (UFF)

 

27 DE JUNHO (Sábado)

8:00 – Café da manhã

8:30 – Mesa Redonda

  • “Escravidão, Trabalho e Família no Recôncavo do Rio de Janeiro” Coordenador Moisés Peixoto (UFRJ/FEUDUC)
  • ‘‘A família escrava em debate: administração, hierarquia e poder no Recôncavo da Guanabara’’ Denise Demétrio (UFF)
  • ‘‘Os Correia Vasques: engenhos, casa e família. Freguesia de Jacutinga, século XVIIII’’ Ana Paula Rodrigues (UFRRJ)
  • ‘‘Luta pela terra e escravidão na Baixada Fluminense – final do séc. XIX e no pós-abolição’’ Rubens Machado (UFF)

10:45 – Mesa Redonda 2

  • “Escravidão, Tráfico e Experiências de Liberdade no Recôncavo da Guanabara” Coordenadora Daniela Carvalho Cavalheiro (UNICAMP/FEUDUC)
  • ‘‘Um ‘viveiro de futuros operários’: a formação dos africanos livres e de suas famílias a serviço do Estado’’ Alinie Silvestre Moreira (UNICAMP)
  • ‘‘Os escravos barqueiros do rio Macacu (Itaboraí – Século XIX)’’ Gilciano Meneses (UFF)
  • ‘’Escravidão e religiosidade centro-africana na Freguesia de Santo Antônio da Jacutinga’’ Eduardo Possidônio (Universo)

12:30 – ALMOÇO

14:00 – Oficinas  de Metodolgia de Pesquisa

  • Digitalização e Organização de Acervos. Ludmila Barros (FEUDUC) e Daniela Cavalheiro (UNICAMP)
  • Organização de Bancos de Dados. Vitor Hugo Franco (UFF) e Moisés Peixoto (UFRJ/FEUDUC)
  • Guia de Fontes da Escravidão na Baixada Fluminense. Nielson Bezerra (FEBF/FEUDUC) e Eliana Laurentino (FEBF/FEUDUC)
  • Inventário da Cultura Afro Brasileira em Duque de Caxias. Marta Ferreira (UFRRJ) e Evelyn Vasconcelos (FEUDUC)
  • Africanos Livres da Baixada Fluminense – Anúncios de Jornais. Juliana Lima (FEUDUC) e Eduardo Possidônio (UNIVERSO)

15:30 – Apresentação Cultural

16:00 – Encerramento

 

28 DE JUNHO (Domingo)

  • Estudo de Campo (opcional). “Lugares de Memória da Escravidão na Baixada Fluminense”